Connect with us

Noticia Brasil Online

Vereza sai em defesa de Regina Duarte após duras criticas de Zélia Duncan: “Bom é o Lula e a Dilma não é Duncan?”

BRASIL

Vereza sai em defesa de Regina Duarte após duras criticas de Zélia Duncan: “Bom é o Lula e a Dilma não é Duncan?”

Após a atriz Regina Duarte aceitar o convite do presidente Jair Bolsonaro para a secretária de Cultura, muitos artistas se posicionaram a respeito do assunto. Alguns foram favoráveis, outros contrários, como no caso da cantora Zélia Duncan.

“A luta daquela mulher mobilizou o Brasil. Torcíamos muito por ela. Eu tinha uns 16 anos e acho que foi a primeira vez que um pensamento feminista veio à minha cabeça, despertado por aquela personagem que queria tomar as rédeas de sua vida(…) A abertura da série era uma música cantada por Simone, grande artista que explodia no Brasil. Música de dois mestres, Ivan Lins e Vitor Martins, que se chamava ‘Começar de Novo’. E vejam vocês: a atriz era Regina Duarte, emprestando seu talento pra aquela personagem ficou muito marcada e causou uma transformação na nossa sociedade” disse Zélia

Nesta sábado, o colega de profissão de Regina, Carlos Vereza, através de suas redes sociais, respondeu a cantora e saiu em defesa da futura nova secretária da Cultura de Bolsonaro.

A Zélia Duncan: “ahinn…A Regina Duarte interpretou a Malu Mulher que era um símbolo da luta pelo feminismo, e agora apoia um fascista…”

“Pois é, Zélia, a Regina continua combatendo o bom combate, ainda que possa desagradar pessoas como você, que, desde àquela época, continua a olhar o mundo através de pobres viseiras ideológicas.

Você, com os seus clichês esquerdistas, ao contrário da Regina, é previsível.

Bom é o Lula e a Dilma, não é? Bom é priorizar a pauta de costumes, a Suécia é aqui, não é, Zélia?

O povo desempregado? Ora, que tolice! Detalhes inoportunos para quem só se preocupa como o egoico umbigo.

O maior assalto ao erário cometido pelos ídolos incensados por você, não passa de uma, digamos, licença poética.

É preciso ter a coragem da Regina para incomodar você e sua vetusta ideologia; sua rebeldiazinha de iPhone passará.

A história não perdoa os recalcitrantes profissionais.”

Comentários

Pai, casado, católico, editor de notícias e Brasileiro com muito orgulho. Um cidadão em pleno gozo de seus direitos constitucionais e de opiniões pessoais.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em BRASIL

Em Alta

Estamos no Twitter

BRASIL

To Top