Vereza massacra ‘atrizes lacradoras’ que defende a jornalista da Folha e isenta Zé de Abreu sobre declaração de Bolsonaro

As atrizes e também ‘lacradoras’ da Rede Globo, resolveram sair em defesa da “jornalista” da Folha de SP, depois da declaração do presidente Jair Bolsonaro, quando ele se referiu ao ‘furo’ de reportagem da dita cuja, Patrícia Campos Mello.

Indignado com as globais, o consagrado ator e filósofo Carlos Vereza, detonou o vídeo e a  farsa das esquerdistas e que pelo mesmo motivo, não disseram nada ao ator cuspidor Zé de Abreu.
Em um texto singelo e preciso, Vereza destrói as beldades que se opuseram ao presidente.

“As colegas lacradoras fizeram as mesmas coisas  na campanha de 2018. Fizeram um filminho horrorizadas com a piada de mau gosto do presidente. Tudo bem.  Concordaria se as mesmas tivessem feito, antes, outro filminho, quando o bravo cuspidor despejou as maiores barbaridades contra Regina Duarte e as mulheres, em geral”.

No vídeo patético, as atrizes e feministas pedem respeito, isentando o atorzinho Zé de Abreu, das horríveis palavras ditas a Regina. Leia também: depois do ‘FODA-SE’ Congresso Nacional teme convocar Heleno para esclarecimentos sobre sua fala.

Leave a Comment
Recent Posts

Este site utiliza cookies para melhorar a experiencia dos usuários, você aceita?