Connect with us

Noticia Brasil Online

Tem que vender essa porra logo’, diz Paulo Guedes sobre Banco do Brasil.

BRASIL

Tem que vender essa porra logo’, diz Paulo Guedes sobre Banco do Brasil.

Na reunião ministerial de 22 de abril, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, falou de “uma nova ordem” pós-pandemia, na qual será necessário estabelecer regras “para ter estoque novamente”.

“Nós precisamos ter acesso a mercados”, disse ela, queixandou-se dos juros no país.

Jair Bolsonaro, então, perguntou: “O Brasil do Brasil não fala nada não?”

O ministro da Economia, Paulo Guedes, respondeu pela ministra:

“O Banco do Brasil não é tatu nem cobra. Porque ele não é privado, nem público. Então, se for apertar o Rubem [Novaes, presidente do Banco do Brasil], coitado. Ele é super liberal, mas se apertar ele e falar: ‘bota o juro baixo’, ele: ‘não posso, senão a turma, os privados, meus minoritários, me apertam’. Aí se falar assim: ‘bota o juro alto’, ele: ‘não posso, porque senão o governo me aperta’. O Banco do Brasil é um caso pronto de privatização.”

Bolsonaro riu.

E Guedes emendou:

“É um caso pronto e a gente não está dando esse passo. O senhor já notou que o BNDES e a a Caixa, que são nossos, públicos, a gente faz o que a gente quer. O Banco do Brasil a gente não consegue fazer nada e tem um liberal lá. Então, tem que vender essa porra logo.”

Jair Bolsonaro, então, disse:

“Vamos dispensar o Rubem da próxima reunião aí, pô.”

Comentários
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em BRASIL

Em Alta

Estamos no Twitter

BRASIL

To Top