Connect with us

Noticia Brasil Online

Senador Heinze se une à luta contra censura do STF e pelo impeachment de Gilmar Mendes – ‘Lava Toga’

BRASIL

Senador Heinze se une à luta contra censura do STF e pelo impeachment de Gilmar Mendes – ‘Lava Toga’

O senador Heinze pronunciou-se, no Congresso Nacional, em defesa da CPI da operação “Lava Toga”, do impeachment de Gilmar Mendes e contra atos de censura perpetrados pelo STF.

“Eu queria lamentar, Senador Lasier, o episódio que nós vimos ontem e parabenizar aqui o Senador Kajuru e, da mesma forma, o Senador Randolfe. Eu me solidarizo com eles, estamos juntos nesse processo com relação à maneira que foi julgado ontem no Supremo querendo caçar o nosso site O Antagonista e também a revista Crusoé. É lamentável isso que aconteceu. Esses fatos não podem acontecer, cercear a liberdade. E veja que o fato… Eles noticiaram. E V. Exa., que foi da imprensa por muitos e muitos anos, no seu programa Conversas Cruzadas, ou no rádio quando falava, ou no jornal Zero Hora… Nenhum jornal de fundamento, nenhuma revista, vai colocar uma fake news na sua matéria. Fazem o quê? O senhor tem uma comprovação, como eles tinham comprovação”, declarou ele.

“Portanto, nós lamentamos o fato ocorrido ontem, somos solidários. Da mesma forma como foi colocado aqui pelo Senador que me antecedeu, assinei os dois pedidos, o de CPI da Lava Toga, estamos juntos nesse processo, com os Senadores, e da mesma forma, o pedido de impeachment do Ministro Gilmar Mendes. E V. Exa. sabe como é difícil para a gente tomar uma posição desta aqui nesta Casa. Tomamos posição porque não temos problema nenhum com relação a retaliação. Não tememos retaliação nesse sentido. Portanto, parabenizo aqui os nossos Senadores. Estamos solidários com eles nessa propositura, porque, afinal, este Brasil tem que ser passado a limpo. Já houve CPIs e muitos Deputados, Senadores e Presidentes foram cassados, punidos, empresários da mesma forma. E, agora, qual é o problema se entrar o Judiciário?”, questionou o parlamentar.

“Eu tenho certeza de que a grande, a infinita maioria do Judiciário brasileiro, a infinita maioria do Ministério Público é gente de bem. Nós estamos falando de gente de bem do Brasil inteiro, não apenas de um setor ou de outro. Portanto, nada impede que possamos fazer também essa investigação, como essa CPI da Lava Toga, nós perdemos essa matéria lá na CCJ, lá na semana passada, mas tenho certeza de que voltando aqui para a Câmara… Nós possamos aqui no Senado, na nossa avaliação, que possa ser feita… E esse fato de ontem, seguramente, traz novos rumos para essa CPI. Portanto, nós estamos solidários, juntos, para que a gente possa fazer o Brasil passado a limpo”, concluiu Heinze.

Comentários
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em BRASIL

Em Alta

Estamos no Twitter

BRASIL

To Top