Connect with us

Noticia Brasil Online

Sem provas, Alexandre de Moraes arrasta inquérito das fake news por mais seis meses

STF

Sem provas, Alexandre de Moraes arrasta inquérito das fake news por mais seis meses

Inquérito apura disseminação de conteúdo falso na internet e ameaças a ministros do STF. No mês passado, plenário do Supremo decidiu pela validade das investigações.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), prorrogou nesta quarta-feira (1º) por mais seis meses o inquérito das fake news, que apura a disseminação de conteúdo falso na internet e ameaças a ministros do tribunal.

Pela decisão, o prazo começará a contar a partir de 15 de julho, quando se encerraria o prazo anterior. No mês passado, o plenário do Supremo confirmou a validade do inquérito, que já atingiu políticos, empresários e blogueiros apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Todos negam irregularidades.

O inquérito foi instaurado há pouco mais de um ano, em março de 2019, com base no regimento interno do STF. A iniciativa foi do presidente do Supremo, Dias Toffoli, e a relatoria é do ministro Alexandre de Moraes.

Desde então, já foram executadas ao menos 18 ações de busca e apreensão, 12 ordens para ouvir testemunhas ou suspeitos, e aplicadas duas medidas restritivas.

G1

Comentários
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em STF

Em Alta

Estamos no Twitter

BRASIL

To Top