Connect with us

Noticia Brasil Online

‘Se fosse presidente, indicaria Moro ao STF’, diz juíza Gabriela Hardt da Lava Jato

BRASIL

‘Se fosse presidente, indicaria Moro ao STF’, diz juíza Gabriela Hardt da Lava Jato

A juíza substituta da 13ª Vara Federal de Curitiba, Gabriela Hardt, que condenou o criminoso Luiz Inácio Lula da Silva no processo do sítio deAtibaia (SP), afirmou que, “se fosse presidente”, indicaria o ex-colega Sergio Moro, hoje ministro da Justiça, a uma vaga no STF (Supremo Tribunal Federal).
Em um congresso de direito em Curitiba nesta segunda-feira (13), onde Moro também palestrou, ela fez elogios ao trabalho do seu antecessor e disse que ele já demonstrou competência para ocupar uma cadeira no Supremo.

Já o relator da Lava Jato no TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), João Pedro Gebran Neto, que condenou o maior ladrão da Lava Jato na segunda instância no caso do tríplex de Guarujá (SP), também comentou a possível indicação de Moro ao STF.

Ele disse que o ministro “já demonstrou suas qualidades” para ocupar uma cadeira no STF.
“Acho que tudo isso é bastante prematuro, esse tipo de discussão, mas logicamente o ministro Sergio Moro já demonstrou suas qualidades ao longo do tempo e futuramente, se vier a ser nomeado ministro [do STF], vai engrandecer ainda mais a corte”, afirmou.

O presidente Jair Bolsonaro disse neste domingo (12) ter assumido um compromisso com Moro para indicá-lo para uma vaga no STF. “Eu fiz um compromisso com ele, porque ele abriu mão de 22 anos de magistratura. Eu falei: ‘A primeira vaga que tiver lá [no STF], está à sua disposição’”, disse Bolsonaro, em entrevista à rádio Bandeirantes.

Comentários
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em BRASIL

Em Alta

Estamos no Twitter

BRASIL

To Top