Connect with us

Noticia Brasil Online

“Se deu mal” PSL aciona Conselho de Ética contra psolista Glauber Braga

JUSTIÇA

“Se deu mal” PSL aciona Conselho de Ética contra psolista Glauber Braga

Braga disse que Moro será lembrado “pelos livros de história como o juiz que se corrompeu, como um juiz ladrão”.

O Partido Social Liberal (PSL) entrou com uma representação no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados contra o parlamentar Glauber Braga (PSOL-RJ).

O documento, que foi assinado pelo presidente do PSL, Luciano Bivar, pede que seja analisada a “quebra do decoro parlamentar” do psolista, por ter chamado o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, de “juiz ladrão” durante sessão na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara.

Na ocasião, Braga disse que Moro será lembrado “pelos livros de história como o juiz que se corrompeu, como um juiz ladrão”. A declaração do parlamentar causou o encerramento da sessão após confusão generalizada.

“Um desrespeito sem precedentes coma autoridade do Governo. A sessão foi encerrada após irmos para cima dele”, disse o deputado Carlos Jordy (PSL-RJ).

Confira a íntegra da representação encaminhada pelo PSL ao Conselho de Ética clicando aqui.

Através de publicações na rede social Twitter, o editor e cofundador do site panfletário InterceptGlenn Greenwald, deu um destaque especial para as ofensas proferidas por Braga.

O ativista norte-americano ainda deu um jeito de legendar o vídeo onde o ex-juiz Moro é ofendido.

Segundo Greenwald, as declarações de Braga dão uma sensação do clima no Brasil após a publicação das reportagens do Intercept contendo supostos diálogos envolvendo integrantes da Operação Lava Jato.

Info: RENOVAMIDIA

Leia mais: Vídeo histórico: Marcel Van Hattem humilha Gleisi Hoffmann durante audiência

Ciro chama Moro de “Canalha” e Heleno de “M*rda”

Comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em JUSTIÇA

Em Alta

Estamos no Twitter

BRASIL

To Top