Polícia prende quatro, cumpre mandados e ouve ex-governador Luiz Pesão, Rio

Brasília - O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, fala à imprensa após reunião com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto (Antonio Cruz/Agência Brasil)

O ex-governador do Rio Luiz Fernando Pezão está entre os alvos da Operação Cerco, deflagrada nesta sexta-feira pela Polícia Civil e pelo Ministério Público do Rio. A Vara Especializada de Combate ao Crime Organizado do Tribunal de Justiça do Rio também emitiu quatro mandados de prisão contra os empresários investigados. Além do ex-governador, são alvos os empresários César Augusto Craveiro e Alexandre Resende Barboza — que foram presos –, além de Sérgio Benincá e Luis Fernando Craveiro, que estão sendo procurados. A Justiça determinou ainda o bloqueio de R$ 241 milhões das empresas suspeitas.

Além dele, empresários também foram alvos. Ao todo, são cumpridos 26 mandados de busca e apreensão — um deles na residência de Pezão.

A Operação Cerco é um desdobramento da Operação La Casa de Papel, deflagrada no fim do ano passado.

Segundo a investigação, há a suspeita de lavagem de dinheiro em contratos das obras do Arco Metropolitano.

LEIA MAIS:

26 ex-governadores são investigados por desvios de mais de dois bilhões de reais

Redação: O site NBO é um veículo comunicação independente com notícias do Brasil e do Mundo. Nossa missão é levar ao público a verdade dos fatos, sempre com informações de fontes seguras e confiáveis para você formar sua própria opinião.

This website uses cookies.