Moraes ‘está no pé’ de Bolsonaro e investiga de perto o ai e vem de Alexandre Ramagem nos bastidores do poder em Brasília

O vai e vem de Alexandre Ramagem nos bastidores do poder em Brasília está sendo investigado de perto pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com o portal de notícias online, ‘UOL’, o ministro Alexandre de Moraes do STF, deu prazo ao presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido), prestar esclarecimentos sobre o retorno do delegado da Polícia Federal Alexandre Ramagem para o comando da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

decisão de Moraes ocorreu em ação movida pelo PSB. O partido tenta suspender decreto presidencial que havia tornado sem efeito a exoneração de Ramagem do cargo de diretor-geral da Abin, publicada no Diário Oficial da União na semana passada.

O PSB alega que o ato do presidente foi uma manobra ilegal para evitar a nova sabatina de Ramagem pelo Senado, como deve ser feito com qualquer indicado para este cargo.

Vale ressaltar que Ramagem foi a causa da grave crise que levou Sergio Moro a deixar o Ministério da Justiça.

Na semana passada Alexandre Ramagem foi exonerado da Abin e nomeado para a diretoria geral da Polícia Federal, porém, o amigo dos filhos de Bolsonaro foi impedido de assumir o cargo, por uma decisão de Moraes que alegou desvio de finalidade na escolha presidencial.

Leave a Comment
Recent Posts

Este site utiliza cookies para melhorar a experiencia dos usuários, você aceita?