Lula em desespero pede ao STF para anular condenação do TRF-4 pelo sítio de Atibaia

Lula pediu ao Supremo para anular a condenação imposta pelo TRF-4, na semana passada, a 17 anos de prisão, por corrupção e lavagem, no processo do sítio de Atibaia.

O pedido foi feito dentro de habeas corpus da defesa, já negado por Edson Fachin, que queria suspender o julgamento do caso na segunda instância.

A defesa alega que o TRF-4 deixou de analisar um alegado “julgamento de exceção” no caso. A suspeição dos desembargadores e procuradores da força-tarefa e a incompetência da 13ª Vara Federal de Curitiba no processo.

Também se queixa de o tribunal não ter seguido a ordem cronológica de recursos ao analisar, antes de outros processos, a apelação de Lula.

Tudo isso já foi rejeitado pelo ministro Leopoldo Raposo, do STJ, e pelo próprio Fachin.

Cristiano Zanin quer agora que o pedido seja analisado pela Segunda Turma do STF, onde mora o perigo.

Informação O antagonista.

Este site utiliza cookies