Connect with us

Noticia Brasil Online

Inteligência americana descobre que china ocultou dados sobre pandemia de Covid-19

MUNDO

Inteligência americana descobre que china ocultou dados sobre pandemia de Covid-19

A China, berço da pandemia que começou em dezembro do ano passado, reportou cerca de 82.000 casos e 3.330 mortes causadas pela Covid-19.

São números menores do que os dos Estados Unidos, por exemplo, que hoje têm mais de 189.000 casos e mais de 4.000 mortes, com muito menos tempo de contágio comunitário.

De acordo com o site da Bloomberg, o serviço de inteligência americano teria descoberto que os números chineses são mentirosos. Um relatório secreto com as conclusões sobre a suposta mentira foi entregue à Casa Branca na semana passada, segundo o site.

Os números chineses foram determinantes para que o mundo subestimasse a letalidade do novo coronavírus e a sua capacidade de propagação, de acordo com Deborah Birx, conselheira de imunologia do Departamento de Estado americano.

“A comunidade médica interpretou os dados chineses assim: ‘Isso foi sério, mas menor do que se esperava.’ Porque provavelmente estávamos perdendo uma quantidade significativa de dados, agora vemos o que aconteceu na Itália e Espanha”, disse ela ontem, como registra o site da Bloomberg.

O secretário de Estado, Mike Pompeo, vem acusando a China de esconder o tamanho do problema e ser lenta no compartilhamento de informações sobre o assunto.

É preciso que a verdade venha logo à tona.

Comentários
Continuar Lendo
Advertisement
Recomendamos para você..
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em MUNDO

Em Alta

Estamos no Twitter

BRASIL

To Top