Connect with us

Noticia Brasil Online

Ao esquecer-se de seu teto de vidro, Gilmar Mendes taca pedras na Lava Jato.

JUSTIÇA

Ao esquecer-se de seu teto de vidro, Gilmar Mendes taca pedras na Lava Jato.

O ministro do STF tentou atacar Sergio Moro e Deltan Dallagnol por troca de mensagens.

Em entrevista ao UOL sobre as supostas mensagens de Moro e Dallagnol vazadas pelo site “The Intercept.

O Ministro do Supremo disse a seguinte frase:

“Aquele que combate a corrupção não pode cometer crimes, os fins não justificam os meios…”

Embora seja uma verdade, isso vindo de Gilmar Mendes é uma tremenda hipocrisia…

Me pergunto se os fins justificaram os meios para os inúmeros Habeas Corpus, concedidos pelo ministro.

O teto de vidro:

Gilmar Mendes pode ter se esquecido, mas é bom que ele se lembre que os vazamentos das conversas entre ele e Aécio Neves são muito piores.

Sem contar também de outros casos…

O ministro não tem moral para falar de Sergio Moro. Afinal não há nada de mais na conversa entre Moro e Dallagnol.

Muito pior é um ministro do Supremo que mantem relação com investigados na Lava Jato.

E que de quebra tenta soltar todos que pode…

É mais ou menos como disse o grande jurista modesto carvalhosa no Jornal da Cultura, o ministro é uma fabrica de habeas corpus e julga casos de clientes do escritório de advocacia da sua esposa.

Desta forma, ainda com base no que disse Modesto Carvalhosa, Gilmar Mendes só não comete um crime de responsabilidade por dia porque o Supremo se reúne apenas uma vez por semana.

 

Leia mais

 

 

 

Comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em JUSTIÇA

Em Alta

Estamos no Twitter

BRASIL

To Top