Connect with us

Noticia Brasil Online

Gravíssimo! Numa troca de mensagens, diretor jurídico da Odebrecht fala em Lula acionando “Lewan…”

BRASIL

Gravíssimo! Numa troca de mensagens, diretor jurídico da Odebrecht fala em Lula acionando “Lewan…”

Polícia Federal investiga tentativas de obstrução da Lava Jato por parte de André Esteves e Marcelo Odebrecht.

As suspeitas são reforçadas pela delação de Antonio Palocci, que disse ter presenciado Lula determinando a José Eduardo Cardozo que transferisse os delegados da operação – o que o então ministro da Justiça se recusou a fazer.

O depoimento de Palocci – que virou delator – encontra respaldo numa série de emails entregues pelo ex-presidente da Odebrecht. informa O antagonista 

Nas mensagens, segundo relatório da Polícia Federal, os executivos da empreiteira discutem a contratação do escritório de Márcio Thomaz Bastos, para “dar continuidade aos planos de obstrução”.

Maurício Ferro, cunhado de Marcelo e então diretor jurídico do grupo, ficou responsável pelos contatos com a banca do ex-ministro da Justiça e também com Giles Azevedo, chefe de gabinete de Dilma.

Alexandrino Alencar, por sua vez, estava incumbido de conversar com Lula sobre a estratégia.

Num email enviado a Alexandrino Alencar, com cópia para Maurício Ferro, Marcelo Odebrecht pergunta: “Como foi no instituto? O amigo do meu pai não tem como acionar tb o Lewan…?”.

 

Comentários
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em BRASIL

Em Alta

Estamos no Twitter

BRASIL

To Top