Flávio Bolsonaro prova que capitão Adriano foi torturado e executado pelo governo lulopetista da Bahia

O senador Flávio Bolsonaro acaba de denunciar o governo da Bahia, que está nas mãos do lulopetista Rui Costa, tudo por conta de execução e torturas prévias promovidas pela sua PM contra o ex-capitão do Bope do Rio, Adriano.

O senador postou um vídeo horripilante, no qual as provas da tortura e da execução são visíveis.

É de se pergunrtar o que dirão sobre isto os governadores que assinaram manifesto contra Bolsonaro e a favor de Rui Costa, inclusive Eduardo Leite.

O caso exige imediata intervenção da Polícia Federal e do MPF, porque o governador Rui Costa, com apoio dos seus colegas governadores, quer queimasr as provas do crime.

Da OAB não se espera nada, porque a OAB alinhou-se com o lulopetismo desde que Felipe Santa Cruz assumiu a presidência.

Eis a postagem de Flávio Bolsonaro:

– A perícia da Bahia (governo PT), diz não ser possível afirmar se Adriano foi torturado. Foram 7 costelas quebradas, coronhada na cabeça, queimadura com ferro quente no peito, dois tiros a queima-roupa (um na garganta de baixo p/cima e outro no tórax, que perfurou coração e pulmões.

CLIQUE AQUI para ler todas as denúncias de Flávio Bolsonaro.

Leave a Comment
Recent Posts

Este site utiliza cookies para melhorar a experiencia dos usuários, você aceita?