FBI entra na jogada e colhe documentos sigilosos com informações sobre falcatruas do PT em Cuba

Na última semana, agentes da Polícia Federal dos EUA (FBI) estiveram no gabinete da deputada Paula Belmonte (Cidadania-DF) para colher documentos sigilosos obtidos pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Os investigadores norte-americanos estavam no Brasil em busca de informações sobre a empresa JBS, que tem negócios nos Estados Unidos, informa a revista Veja.

Belmonte também municiou os americanos com dados de falcatruas do Partido dos Trabalhadores (PT) em Cuba.

A parlamentar vem colhendo elementos e quer abrir uma CPI na Câmara dos Deputados para investigar investimentos do governo brasileiro na ditadura comunista.

Belmonte pediu, na última quarta-feira (11), que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, crie uma força-tarefa para investigar corrupção no BNDES.

Juntamente com outros integrantes da CPI dos BNDES, a deputado também fez o mesmo pedido ao procurador-geral da República, Augusto Aras, que, segundo O Antagonista, prometeu a ela analisar a criação da força-tarefa.

“Vamos até o fim para acabar com a impunidade no Brasil”, escreveu Belmonte em mensagem no Twitter.

Este site utiliza cookies