Em 2020, Fux assume o comando do STF no lugar de Toffoli

O STF está correndo para enterrar a Lava Jato porque a maré vai virar em 2020.
Em setembro, Luiz Fux assume o comando do Supremo, no lugar de Dias Toffoli.
Em seguida, Jair Bolsonaro vai indicar um novo ministro para ocupar a vaga de Celso de Mello.
Tic tac, tic tac.

O STF, que em 2019 foi motivo de desencanto da sociedade, promete ter um 2020 mais auspicioso. Sobretudo pelo fato de que em setembro o tribunal terá um novo presidente.


Além de Fux representar a esperança de um STF mais transparente, há também o fato de que em novembro de 2020 haverá a saída do ministro Celso de Mello, que vai se aposentar. Por sorte, o presidente Bolsonaro poderia indicar o ministro Sergio Moro para a vaga.

Mas isso ainda não está definido, já que o presidente estaria disposto a contar com o ex-juiz para a composição de sua chapa presidencial em 2022. Qualquer que seja a decisão de Bolsonaro, o fato é que teremos em 2020 novos ares no STF.

A petralhada está apavorada, tic tac, tic tac.

Este site utiliza cookies