Deputado de Bolsonaro anuncia PEC emergencial para barrar abusos do STF e detona Moraes

Em transmissão ao vivo, o deputado federal Bibo Nunes, aliado do presidente Jair Bolsonaro, anunciou a apresentação de uma PEC para minorar e combater abusos perpetrados por ministros do STF. No ensejo, ele comentou e criticou severamente as recentes ações dos ministros Celso de Mello e Alexandre de Moraes.

“A Polícia Federal, pela manhã, chegou à residência de vários cidadãos. A maioria é de apoiadores de Bolsonaro. É uma infeliz coincidência ou algo proposital? É isso que o Brasil está falando. Os apoiadores de Bolsonaro estão altamente indignados”, principiou o parlamentar.

“Os policiais federais estão cumprindo a lei, mas o que questiono muito é a maneira como o STF está desempenhando as suas funções. Acredito que, nunca na História, um STF foi tão desgastado quanto o que aí está. Tirando dois ou três, o resto recebe o ódio popular. Ministros precisam ser imparciais, comedidos, discretos”, asseverou Bibo.

“A população está indignada pelas atitudes que eles tomam. Como se brinca, o ministro não pensa que é Deus, ele tem certeza de que é Deus. Isso vai acabar. Vamos entrar com uma PEC, uma Proposta de Emenda Constitucional para acabar com essa decisão monocrática. Um único ministro? Ele não foi eleito, não tem mandato, foi indicado por ser amigo do rei ou da rainha. Tem que acabar com essa forma de escolher ministros do STF!”, ressaltou ele.

LEIA MAIS:

‘Liberdade de imprensa não é construída por robôs’, diz Alexandre de Moraes

Redação: O site NBO é um veículo comunicação independente com notícias do Brasil e do Mundo. Nossa missão é levar ao público a verdade dos fatos, sempre com informações de fontes seguras e confiáveis para você formar sua própria opinião.

This website uses cookies.