Connect with us

Noticia Brasil Online

David Miranda, maridão do dono do The Intercept, diz que ganha mais de R$ 100 mil líquidos por mês

BRASIL

David Miranda, maridão do dono do The Intercept, diz que ganha mais de R$ 100 mil líquidos por mês

O casal do Psol é feliz e riquíssimo. O Coaf acha que não é bem assim (a riqueza).

Acusado por movimentar R$ 2,5 milhões em 2018 e 2019 nas suas contas bancárias, operações consideradas atípicas pelo Coaf, o cônjuge do editor do site sujo The Intercept, deputado federal David Miranda, Psol, disse hoje que o cargo de deputado não é a sua única fonte de renda e, portanto, “as movimentações são compatíveis com sua renda familiar”.

O deputado recebe R$ 33,7 mil mensais, brutos, de salário. O valor líquido nem de longe cobre a movimentação bancária.

Ele afirmou que depósitos fracionados detectados pelo Coaf vêm de outra fonte, uma empresa de turismo da qual é sócio com Glenn Greenwald.

Se isto for verdade, a empresa de turismo é uma das mais lucrativas do Brasil.

A renda mensal de Miranda seria de mais de R$ 100 mil por mês.

Nesta terça-feira, a 16ª Vara de Fazenda Pública do Rio de Janeiro, barrou a tentativa do MP de quebrar o sigilo fiscal e bancário do deputado. Em despacho de sete páginas que decretou o segredo de justiça do caso, o juiz Marcelo da Silva pede que o deputado e outras quatro pessoas, entre assessores e ex-assessores dele, sejam ouvidos antes de qualquer ação cautelar.  “Entendo prudente postergar a análise do pleito para o momento posterior à instauração do contraditório”, escreveu Silva.

LEIA MAIS:

O cerco vai se fechando e Coaf relata transações atípicas do deputado David Miranda, marido de Gleen Greenwald

Comentários
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em BRASIL

Em Alta

Estamos no Twitter

BRASIL

To Top