Conselho de Ética da Câmara nega ação contra Zambelli por chamar Joice de “Peppa”

O Conselho de Ética da Câmara negou nesta quarta-feira (12), um requerimento do PSL que pedia a cassação do mandato da deputada Carla Zambelli por ter chamado a Joice Hasselmann de “Peppa” nas redes sociais.

Durante a sessão, o relator votou contra o pedido do partido e todos os membros do colegiado seguiram o mesmo posicionamento, totalizando 13 conselheiros que negaram encerrar o mandato da deputada.

Zambelli afirmou que o caso é uma “banalização do Conselho de Ética”:

“Temos assuntos muito mais importantes para tratar do que uma hashtag #DeixedeSeguiraPeppa”.

A deputada também lembrou que Joice já chamou ela de “vaca, abortista e burra”:

“Não me senti ofendida. Primeiro porque o que vem de baixo não vai me atingir e, segundo, porque se eu estiver me sentindo ofendida, irei usar os meios jurídicos legais”.

Este site utiliza cookies