Connect with us

Noticia Brasil Online

Coaf já identificou valores muito altos no conta corrente dos hackers presos ontem. Um deles possuía R$ 100 mil em casa.

JUSTIÇA

Coaf já identificou valores muito altos no conta corrente dos hackers presos ontem. Um deles possuía R$ 100 mil em casa.

O blog O Antagonista está recebendo tudo sobre o caso e de modo exclusivo, quase em tempo real. O editor sistematiza o que vem sendo publicado para facilitar a consulta dos leitores, mas aconselha ir diretamente à fonte primária.

O Coaf apurou transações de até R$ 630 mil nas contas recentes dos quatro hackers presos ontem pela PF, envolvidos nas interceptações dos celulares do ministro Sérgio Moro e do procurador Deltan Dallagnol. O levantamento cobriu meses que vão de março a junho.

Na casa de dois dos hackers, Gustavo Henrique Elias Santos e Suelen Priscila de Oliveira, a PF encontrou R$ 100 mil em dinheiro, mas o advogado Ariovaldo Moreira, que defende o casal, disse que o valor é resultado do trabalho de Elias como DJ.

O juiz federal Vallisney de Oliveira, quebrou o sigilo bancário do quarteto e ordenou que as empresas que trabalham com bitcoins informem se algum dos presos mantém conta nelas. O advogado do preso Gustavo Santos admitiu que seu cliente lidava com bitcoins.

CLIQUE AQUI para ler a íntegra do pedido de prisões feito pelo MPF.

CLIQUE AQUI para ler a decisão do juiz

Comentários
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em JUSTIÇA

Em Alta

Estamos no Twitter

BRASIL

To Top