NORTE E NORDESTE

Petista regenerado? Governador do Ceará elogia Bolsonaro e critica Lula e Dilma

Na sexta-feira (11/1), o governador do Ceará, Camilo Santana, agradeceu por telefone ao presidente Bolsonaro pelo apoio no combate à onda de violência que já superou 10 dias.
O governador tem mantido contatos diários com o Ministro da Justiça, Sérgio Moro, com quem acompanha e planeja as etapas da operação no estado. O Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, também conversou com Camilo sobre a situação do Ceará.
Em entrevista à rádio de Fortaleza durante o dia, o governador do Ceará elogiou o governo Bolsonaro e criticou os presidentes anteriores, inclusive do próprio partido dele, o PT. Segundo ele, os presidentes anteriores foram omissos no enfrentamento do problema de segurança do país.
“Eu não estou criticando o governo atual não. Muito pelo contrário. o Governo tem dado todo o apoio. Eu estou criticando todos os governos que passaram, inclusive do meu partido, que foram omissos nesta área da segurança pública“, afirmou. ( as informações são do site terça livre)

“Em primeiro lugar quero aqui registrar todo apoio que tenho tido do Governo Federal. Tenho mantido contato com o ministro Sérgio Moro da Justiça que prontamente me atendeu com a presença da Força Nacional aqui no Ceará e que nos atendeu com a abertura de vagas no Sistema Prisional Federal, para que eu pudesse garantir a transferência. Repito: estou tendo todo apoio e parceria do Governo Federal neste momento no Ceará“, reforçou.
Camilo Santana é do PT.
Bolsonaro afirmou que continuará fornecendo todo apoio ao governador.

Onda de ataques no Ceará. Primeiro teste do governo Bolsonaro.

O que estamos presenciando é guerrilha urbana,
cuja atuação são os ataques rápidos, grandes danos,
seguidos por fuga e nenhum enfrentamento, com os
criminosos se escondendo em meio à população.

Fortaleza deveria receber, com urgência, tropas
do Exército. As forças estaduais não têm como fazer
frente a tantos ataques.

Ou o Brasil resolve logo a questão do Ceará, já
totalmente fora de controle, ou situações semelhantes
começarão a espoucar por todo o Brasil.

texto: Paulo R.C.Medeiros
Brasília, em 11/01/2019

Fortaleza sofre com seu 8º dia de ataques e prefeito e vice curtem viagem de férias

Roberto Cláudio (PDT) tira 10 dias de folga e aproveitará também para fazer alguns contatos com o Banco Mundial.
A onda de ataques no Ceará continua e chega ao 8º dia seguido nesta quarta-feira, (08). Quatro ônibus foram incendiados. Além dos coletivos atacados, um carro de autoescola foi alvo dos criminosos. Em Caucaia, um grupo tentou explodir a Ponte dos Tapebas na rodovia BR-222.

No bairro Messejana, na noite desta segunda-feira (7), um ônibus coletivo que faz a linha Itamary-Elizabeth II foi incendiado por criminosos. Já em Aracati, litoral leste do Estado e 140 km distante de Fortaleza, câmaras de videomonitoramento flagraram mais uma ação criminosa.

De acordo com a revista Ceará Roberto Cláudio (PDT), tirou alguns dias de férias pelos Estados Unidos, o que foi considerado pelo jornalista Eliomar de Lima, “uma espécie de misto de férias” e contatos com o Banco Mundial e outras organizações internacionais, além de prêmio que receberá, em nome da cidade. Já Moroni Torgan (DEM), o vice-prefeito, também está ausente e em viagem, mas sua assessoria evitou dar detalhes da agenda que ele estaria cumprindo. Também não informou detalhes da viagem.
A assessoria de comunicação da prefeitura ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Cearenses irão pedir o impeachment do governador do Ceará

Cearenses irão pedir o impeachment do governador do Ceará , CAMILO SANTANA , por negligência e incapacidade de governar o estado que está com a segurança fragilizada , colocando em risco toda população cearense . Manifestações começam a serem cogitadas em todo estado do Ceará .

“A crise do Ceará e o resultado do apoio que o Camilo Santana, governador petista do Ceará, dá ao crime organizado reunido nas prisões de Fortaleza.”

Governadora petista, Fátima Bezerra, decreta calamidade financeira no estado e pede socorro a Bolsonaro

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), decretou calamidade financeira no estado e pede socorro ao presidente Jair Messias Bolsonaro (PSL). A intenção é de que a dívida seja parcelada e estendida.

A situação fiscal do Rio Grande do Norte está se deteriorando há anos e a solução proposta por Fátima Bezerra não difere das mesmas ações de seus antecessores, que empurraram o rombo para governos posteriores.

A petista herdou a situação fiscal aterradora e acertou ao decretar o estado de calamidade, mas propõe a mesma medida que em muitos anos nada solucionou.

Por decreto, a governadora determinou a revisão dos contratos e licitações em até 60 (sessenta) dias, além de cortes de gastos com locação de imóveis e a proibição de gastos com festividades, eventos culturais, confraternizações, solenidades, recepções e concessões de patrocínios etc. Também serão revisados os restos a pagar não processados.

O socorro financeiro do Governo Federal será fundamental para o plano da governadora Fátima Bezerra, que não compareceu à posse de Bolsonaro em 1º de janeiro, tendo marcado a transmissão de sua própria posse para o mesmo horário da transmissão presidencial.

Bolsonaro diz que apesar do governo do Ceará ser do PT, jamais deixará de ajudar o povo cearense

Apesar do Governo do estado do Ceará ser do PT e realizar forte oposição a nós, jamais abandonaríamos o povo cearense neste momento de caos. Diz Bolsonaro em entrevista coletiva concedida à imprensa nacional.

Veja entrevista do Presidente Bolsonaro no vídeo abaixo:

População do Ceará pede socorro nas redes sociais. Onda de violência toma conta do estado

A população cearense assiste e vivencia, atônita e amedrontada, a um aumento sem precedentes da criminalidade e da violência urbana. O outrora tranquilo estado nordestino tem índices compatíveis com países que vivem em guerra.

Pelo menos quatro ataques foram registrados em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), na noite desta quinta-feira, 3. Uma onda de ataques toma conta do Ceará desde a noite dessa quarta, 2.  

Entre os registros estão o incêndio da Caixa Econômica Federal, o Demutran da Pajuçara e a subprefeitura no Novo Maracanaú, além de veículos incendiados. De acordo com o policiamento da área, viaturas estão em diligências e há registro de presos.

A população lançou no Twitter a hashtag #CearaPedeSocorro para alcançar um número maior de visualizações na rede e chamar a atenção da autoridades.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, determinou, ontem  (3) que a Polícia Federal (PF), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) tomem as providências necessárias para auxiliar o Ceará no combate aos atos de violência ocorridos ao longo do dia.

Segundo nota divulgada pelo Ministério da Justiça, a decisão visa dar apoio imediato ao estado, solicitado pelo governador Camilo Santana. O governador enviou ao Ministério da Justiça pedido de envio de homens da Força de Segurança Nacional após a explosão de uma bomba em uma pilastra de um viaduto em Caucaia, região metropolitana de Fortaleza, e o incêndio de dois ônibus.

Moro decidiu que a PF, PRF e o Depen “atuarão na investigação e repressão aos crimes registrados, incluindo a disponibilização de vagas no sistema penitenciário federal” e sugeriu que Santana formasse um gabinete de crise, com a integração das forças policiais federais e estaduais.

Quanto ao pedido de envio da Força Nacional para o Ceará, a nota do Ministério da Justiça informa que ela está “mobilizada para se deslocar ao estado em caso de deterioração da segurança”.

Ao longo dia, ocorreram mais crimes contra patrimônios públicos na capital cearense e região metropolitana. Sete adultos foram presos e quatro adolescentes, apreendidos por suposta participação nas ações criminosas, que teriam sido convocadas por facções criminosas.

CONFIRA ALGUNS POSTS DE USUÁRIOS PEDINDO POR SOCCORO NA REDE SOCIAL:

Relatos nas redes sociais mostram o desespero de quem mora no estado, onde a onda de violência toma conta.

Confira alguns posts:

 

 

 

A “Onda Bolsonaro” não para de crescer e tira votos de Ciro e Marina no Nordeste

  • out 6, 2018

A “Onda Bolsonaro” não para de crescer. Depois de tomar os redutos de Lula em Pernambuco, o candidato avança agora em Fortaleza, quintal de Ciro Gomes.

Bolsonaro também tem seu maior índice justamente no Acre, terra de Marina.

Amanhã o Brasil vai surpreender nas urnas.