Connect with us

Noticia Brasil Online

Bolsonaro suspende verba de R$ 70 milhões para séries LGBT

BRASIL

Bolsonaro suspende verba de R$ 70 milhões para séries LGBT

O governo federal suspendeu o edital para TVs públicas com uma linha voltada a séries sobre identidade de gênero. A decisão foi tomada após o presidente Jair Bolsonaro criticar projetos de temática LGBT pré-selecionados no processo . A portaria assinada pelo ministro da Cidadania, Osmar Terra , foi publicada no Diário Oficial da União ontem — o que culminou com a demissão do secretário especial de Cultura, Henrique Pires.

Oitenta projetos seriam contemplados na chamada “BRDE/FSA PRODAV”, sendo que apenas 10 eram das linhas “diversidade de gênero” e “sexualidade”.

Além dessas duas categorias — nas quais concorriam os projetos “Afronte”, “Transversais”, “Religare queer” e “Sexo reverso”, criticadas por Bolsonaro em vídeo no último dia 15 —, o edital continha ainda outros 12 blocos temáticos, como “qualidade de vida” e “sociedade e meio ambiente”. Todos foram suspensos.

A justificativa apontada pela portaria é “a necessidade de recompor os membros do Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual”. Além disso, a medida determina que após a definição do Comitê “sejam avaliados os critérios de apresentação de propostas de projetos, os parâmetros de julgamento e os limites de valor de apoio para cada linha de ação”.

Entidades da indústria audiovisual estão pedindo esclarecimentos ao ministro Osmar Terra. Para elas, o prazo de até 180 dias para recomposição dos membros do Comitê Gestor do FSA, conforme aponta a portaria, seria muito longo. E a revisão de critérios para a aplicação de recursos “não seria apropriada” para este processo seletivo, já que o procedimento se deu em conformidade com a legislação vigente.

Fonte o globo

LEIA MAIS:

Governo Bolsonaro suspende repasse de verba para filmes LGBT por 180 dias

Comentários

Pai, casado, católico, editor de notícias e Brasileiro com muito orgulho. Um cidadão em pleno gozo de seus direitos constitucionais e de opiniões pessoais.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em BRASIL

Em Alta

Estamos no Twitter

BRASIL

To Top