Bolsonaro dá o ultimato: “Acabou”

Presidente Jair Bolsonaro no Palácio da Alvorada 22/05/2020 REUTERS/Adriano Machado

“Mais um dia triste na nossa história, mas o povo tenha certeza. Foi o último dia triste. Nós queremos a paz, a harmonia, independência, respeito e democracia acima de tudo. A liberdade de expressão é algo sagrado entre vocês [imprensa] e também entre a mídia alternativa. Nós não podemos ficar apenas tendo a nossa disposição um lado, a mídia tradicional ou a mídia social, os dois lados vão conviver”.

“Ninguém mais do que eu, cada vez mais tem demonstrado que tem um compromisso com a democracia, com a liberdade. Agora, as coisas têm um limite. Ontem foi o último dia. Eu peço a Deus que ilumine as poucas pessoas que possam se julgar melhor e mais poderosas do que os outros, que se coloquem no seu devido lugar, que nós respeitamos. E (vou) dizer mais: Não podemos falar em democracia sem um Judiciário independente, sem um Legislativo independente, para que possa tomar decisões, não monocraticamente por vezes, mas são questões que interessam ao povo com um todo, que tomem, mas de modo que seja ouvido o colegiado. Acabou, porra! Me desculpem o desabafo. Acabou. Não dá para admitir mais a atitude de certas pessoas individuais. Tomando de forma quase que pessoal, certas ações”, apontou.

Redação: O site NBO é um veículo comunicação independente com notícias do Brasil e do Mundo. Nossa missão é levar ao público a verdade dos fatos, sempre com informações de fontes seguras e confiáveis para você formar sua própria opinião.

This website uses cookies.