Bolsonaro cutuca Doria e insiste com o uso generalizado da hidroxicloroquina para tratar infectados pelo vírus chinês

O presidente Jair Bolsonaro cutucou no seu Twitter, hoje, o médico David Uip, secretário da Saúde de João Doria e que se curou usando hidroxicloroquina, mas não admite isto publicamente, já que seu governador combate o uso do remédio.

Ele disse que as restrições são de ordem política e prejudicam todo o povo.

Escreveu o presidente:

– Cada vez mais o uso da Cloroquina se apresenta como algo eficaz. Dois renomados médicos no Brasil se recusaram a divulgar o que os curou da COVID-19. Seriam questões políticas, já que um pertence a equipe do Governador de SP? Acredito que eles falem brevemente, pois esse segredo não combina com o Juramento de Hipócrates que fizeram. Que Deus ilumine esses dois profissionais, de modo que revelem para o mundo que existe um promissor remédio no Brasil.

Bolsonaro insistiu com o uso do remédio:

– Há 40 dias venho falando do uso da Hidroxicloroquina no tratamento do COVID-19. Sempre busquei tratar da vida das pessoas em 1° lugar, mas também se preocupando em preservar empregos. Fiz, ao longo desse tempo, contato com dezenas médicos e chefes de estados de outros países.

LEIA MAIS:

PGR arquiva pedido de denúncia contra Bolsonaro e diz que presidente não cometeu crime

Leave a Comment
Recent Posts

Este site utiliza cookies para melhorar a experiencia dos usuários, você aceita?