Connect with us

Noticia Brasil Online

Argentina aprova lei de Emergência Econômica que aumenta impostos para a classe média

BRASIL

Argentina aprova lei de Emergência Econômica que aumenta impostos para a classe média

Um projeto de lei chamado de “emergência econômica” foi aprovado hoje (20) na Argentina através da Câmara dos Deputados do país. Assim, o projeto aumentará os impostos no país.

Emergência econômica na Argentina

Agora, a lei que foi aprovada na Câmara da Argentina segue para aprovação no Senado, ainda hoje (20). O projeto teve 134 votos a favor e 110 contra. Desta maneira, o governo de centro-esquerda de Alberto Fernández conseguiu a aprovação.

Ao mesmo tempo, o novo governo de centro-esquerda anunciou que o Banco Central da Argentina baixou a taxa de juros de 63% para 58% com o intuito de resgatar a economia. Através dos juros, a gestão anterior do BC da Argentina conseguia ter controle sobre a inflação.

Planos do novo presidente da Argentina levantam desconfiança e preocupação de analistas

Alberto Fernández já havia anunciado ainda que aumentaria salários e aposentadorias de forma generalizada. Assim, analistas criticaram a decisão e afirmaram que falta uma “medida econômica integral” e que esta medida isolada na verdade pode parecer uma decisão desesperada e aumentar mais ainda as dívidas da Argentina.

Leia também  Balança comercial segue positiva, acumulada em $21,57 bilhões

Alta de salários na “canetada” e congelamento de preços

O novo presidente da Argentina começou também a taxar as compras internacionais no país em 30%, levando a uma grande alta no ágio entre “Dólar Blue” e o Dólar comercial no país.

Leia também: Rumo ao Caos? Novo presidente da Argentina quer congelamento de preços e alta de salários

Vale lembrar que é esperado que no Senado, onde o governo tem maioria, seja aprovada a medida.

Comentários
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em BRASIL

Em Alta

Estamos no Twitter

BRASIL

To Top