Connect with us

Noticia Brasil Online

“A farsa” Hacker fingiu ser Sérgio Moro no aplicativo do Telegram

Lava Jato

“A farsa” Hacker fingiu ser Sérgio Moro no aplicativo do Telegram

De acordo com provas obtidas pela Polícia Federal (PF) no inquérito que apura a onda de invasões contra Moro e autoridades ligadas direta e indiretamente à Operação Lava-Jato, o hacker que invadiu o aparelho celular do ministro da Justiça Sérgio Moro se passou por ele no aplicativo Telegram e conversou com seus contatos.

O caso ocorreu no dia 4 de junho deste ano, pouco antes do site “The Intercept Brasil” começar a publicar as supostas mensagens trocadas entre Moro e o procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol.

Às 21h17 daquele dia, um funcionário de Moro no Ministério da Justiça recebeu uma mensagem do telefone do ministro com o link de uma reportagem publicada no site do ministério. “Boa noite. O que achou dessa matéria?”, perguntou o hacker ao funcionário, que respondeu: “Vou ler”.

O hacker também conversou rapidamente com um jornalista da Gazeta do Povo. O ministro afirma que já não usa seu Telegram desde 2017, portanto, não poderia ser ele a enviar as mensagens. As informações são do O Globo.

Info: MBL

Leia mais: Boulos fica irritadinho após jornalista sugerir que ele “procure seu primeiro emprego”

Sergio Moro e o artigo “O incrível escândalo que encolheu”

Comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Lava Jato

Em Alta

Estamos no Twitter

BRASIL

To Top